23 de abril de 2019

Audiência Pública debate incidência de câncer na Região do Seridó



Em audiência pública sobre a incidência de câncer na Região do Seridó, a professora e pesquisadora Tirzah Bras cobrou financiamento para os projetos de pesquisa desenvolvidos pelas instituições. De acordo com a pesquisadora, a prevenção ao câncer depende de incentivos e os projetos estão esperando financiamento.

“É importante pesquisar para entender a incidência de câncer. Os projetos dispõem de pessoas, de pesquisadores, pacientes e médicos. É uma vergonha deixar de conduzir os estudos por falta de verbas. ” Declarou a professora.
O secretário adjunto de saúde do Estado, Dr. Petronio Spinelli reconheceu que há uma crise de provimento de profissionais para os municípios, no âmbito da saúde pública. Quanto a prevenção, o secretário criticou os cortes de verbas para a pesquisa.

“O corte no financiamento para a pesquisa é grave e provoca um grande impacto. De modo que precisamos aprofundar o dimensionamento por meio de estudos no sentido de buscar financiamento junto as instituições. ”  Afirmou o Spinelli.

Preocupado com a incidência de câncer na Região do Seridó, o deputado Vivaldo Costa, propositor da audiência, disse se surpreender com a grande incidência de câncer na região.

“A incidência de câncer no Seridó, principalmente, o câncer de estomago é maior do que eu imaginava. A prevenção é algo que devemos fornecer a população devido a sua importância para o tratamento. Eu tive um câncer há 15 anos e antes de surgirem os sintomas fiz o tratamento, portanto, o diagnóstico antecipado é de fundamental importância para a cura. “ Declarou o deputado.

O evento foi proposto visando discutir a problemática do aumento da incidência de alguns tipos de Câncer, na população do Seridó com base em um projeto realizado pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte, UFRN, em concomitância com a Liga Contra o Câncer.
No projeto foi realizado um mapeamento de mutações genéticas, identificadas a partir de consaguinidade, visto que, na região Seridó, há diversos casos de casamento entre parentes, gerando com isso, o aumento da incidência de alguns tipos de câncer.

O objetivo da Audiência Pública foi discutir e buscar a melhor solução para a problemática, objetivando a realização de mutirão de exames para diagnóstico precoce, dos diversos tipos de câncer, em especial, daqueles identificados no Projeto. Para os debatedores, além do investimento governamental, é importante buscar financiamento também no setor privado tendo em vista que os projetos estão prontos para serem executados e desenvolvidos com o objetivo de salvar vidas.