25 de março de 2019

HAF é a referência de caos e abandono em Macau: Após parto, Mãe perde criança ao contrair infecção no coto umbilical



Tem coisas que acontecem no maior centro hospitalar de saúde do município salineiro que os órgãos competentes não tomam conhecimento. Digo MP e CM de Macau.

Pois bem

Recebo denuncias que o centro de cirurgia do Hospital Antônio Ferraz(HAF) está servindo de dormitórios para os médicos que tiram plantão nessa  unidade de saúde, onde a possibilidade de infecção hospitalar se torna iminente diante do tamanho descaso de saúde pública nesse ambiente hospitalar.

" Além da enfermaria obstetrícia está toda vazia porque quando chove fica alagada e o fedor de fezes é horrível, enfermaria sem ventilação tendo só um bico de luz. Já na semana passada tiveram que trabalhar nesse ambiente com o ar condicionado da sala de parto quebrado", destaca servidor.

Diante do exposto

Relato com muita tristeza que mãe macauense perdeu sua criança após parto realizado nos últimos dias no HAF, onde os relatos de parentes destacam  infecção hospitalar no coto umbilical da criança. Mas só trataram o caso com urgência nas últimas horas, levaram a criança até a capital estadual e a mesma não resistiu chegando a óbito.

Diante do abandono que se encontra a principal unidade de saúde do município de Macau,  pai da criança promete levar o caso até a justiça salineira e dirimir as dúvidas e identificar os culpados( se caso existir) sobre o ocorrido.

A pergunta que não quer calar:

Até quando os macauenses passarão por esse tipo de situação para que os órgãos competentes de justiça tomem as devidas providências?