11 de fevereiro de 2019

Transparência Macau: Dyana Lira recebe CM de Macau com déficit de R$ 103 mil reais

Postado por Irineu Cândido

Depois de conteúdo divulgado em blog da região salineira onde apresenta um débito de R$ 103 mil reais deixado de uma gestão para outra na CM de Macau, recebo informação dos números devidamente identificados que comprovam a forma de “transparência” tão bem utilizada no legislativo salineiro.

Sobretudo



Quando se percebe que esses R$ 103 mil reais foi retirado de cada funcionário da Câmara Municipal de Macau e não foram repassados a Receita Federal e nem ao Instituto de previdência.

O estranho

É que todos os aliados do então gestor e paladinos da moralidade política e administrativa se calaram até agora diante do tamanho absurdo no gerenciamento do dinheiro público, não se viu uma vírgula destes honestos senhores. Principalmente do ex-presidente Pintinho, dos seus companheiros de partidos, de aliados que a todo momento identificam nas redes sociais a má condução do dinheiro público, nesse caso todos sumiram das redes sociais.

O pior

Se estes valores não forem pagos – como não foi até agora – com esse rombo comprovado nos cofres da CM de Macau o presidente Pintinho que se demonstrava tão “cuidadoso” com a coisa pública pode deixar a Câmara com suas receitas bloqueadas, sem falar que este ato o ex-presidente pode responder pelos crimes que por ventura tenha praticado como por exemplo, improbidade administrativa, apropriação indébita e dependendo do destino do dinheiro corrupção ativa, corrupção passiva e superfaturamento.

Por fim

Toda Macau aguarda explicações do ex-presidente Pintinho, já que o mesmo sempre pautou seu discurso nas redes sociais como um político defensor do zelo e transparência com a coisa pública.