19 de fevereiro de 2019

Cada vez mais fortes no governo, militares conquistam cargos-chave na Secretaria de Patrimônio da União

Apoiador de Bolsonaro no Maranhão, coronel da reserva José Ribamar Monteiro foi nomeado para gerir patrimônio da União no Estado.


O Ministério da Economia nomeou, na última quarta-feira (13), cinco coronéis do Exército para cargos-chave na Secretaria do Patrimônio da União (SPU). O órgão administra mais de 688 mil imóveis públicos que valem, juntos, cerca de R$ 1 trilhão.

Militares têm força crescente no governo Bolsonaro. Além de oito ministérios – número alcançado ontem com a confirmação do general Floriano Peixoto para a Secretaria-Geral da Presidência no lugar de Gustavo Bebianno –, a tropa saída das Forças Armadas para o governo tem ainda o vice-presidente Hamilton Mourão e o comando de estatais como Correios, Petrobras e Itaipu Binacional.





*Fonte; congresso em foco