14 de janeiro de 2019

Macau: Uma gestão que tenta de todas as formas intimidar por não conseguir dá respostas com atos e ações de cidadania ao seu povo

Postado por Irineu Cândido


Enquanto os familiares do prefeito TLemos praticam uma política ultrapassada de intimidar, perseguir e difamar os macauenses nas redes sociais que não compactuam com esta forma de gestão por não atender com dignidade o cidadão salineiro, o HAF não suporta a primeira chuva de verão e água de fezes tomam conta do setor onde se encontrava os pacientes cirurgíados -  foi preciso deslocar os pacientes até outra sala - até o domingo(13) a sala que atendia cidadãos cirurgiados estava interditada e o fedor tomava conta de todo setor.

Cadê Covisa?

Não basta o município oferecer cirurgias eletivas como se fosse algo incomum na cidade salineira, quando este mesmo município não possui um local adequado para atender demanda de pacientes após cirurgias.

Pois

O paciente cirurgiado requer atenção, cuidado e local adequado com devida assepsia para não prejudicar o paciente, mas não foi isso que se viu no último sábado no Hospital Antonio Ferraz(HAF).

Inclusive

Ate um vídeo tomou conta das redes sociais sobre a sala inundada neste setor, por lá falta um pouco de tudo; de macas e leitos adequados à descargas de sanitários que não existem.

O pior

Sem respostas para o que acontece de fato nos bastidores administrativos da atual gestão, seus aliados e familiares preferem intimidar  para esconder a verdade dos fatos que são denunciados pelo povo salineiro.

O mais engraçado

É que o prefeito TLemos passou sua vida inteira mostrando os desmandos em gestões da capital estadual, cobrando e identificando erros de determinados gestores no estado norte-rio-grandense, mas enquanto gestor não consegue receber as criticas administrativas do seu governo e dá carta Branca para seus "boi de Piranha" agredir e difamar gratuitamente os macauenses que cobram pela tamanha falta de gestão.