4 de dezembro de 2018

Vídeo comprova a corrupção e compra de votos para que um grupo político se perpetua no poder em Guamaré

Postado por Irineu Cândido


Para quem defende o prefeito Helio Miranda e sua trupe na utilização das práticas fora da lei para a todo custo se permanecer à frente de uma prefeitura que arrecada mais de R$ 23 milhões de reais por mês, não deve se surpreender com um vídeo que demonstra o ex-prefeito Dedé Câmara corrompendo e comprando votos de guamareenses de uma forma tranquila, eficiente, como se fosse algo mais comum realizado em prol do candidato do ex-prefeito Helio de Mundinho.

Pois

Enquanto a compra de votos rola frouxa em Guamaré, povo ainda vive em casa de taipa

Enquanto tudo isso acontece sem que a justiça eleitoral e o MP tomem as providências cabíveis, os cidadãos guamareenses amargam uma realidade que dá um nó no fundo da alma quando o assunto é abandono social, já que muitos ainda moram em casas dos tempos das cavernas, sobretudo quando na gestão do ex-prefeito Helio de Mundinho o município tenha arrecadado mais de meio bilhão de reais em 20 meses de gestão.

Impressionante



Os valores discutidos no vídeo chamam atenção pela grande quantidade envolvida na troca desse voto, inclusive o ex-prefeito Dedé Câmara, que é irmão do vereador Carlos Câmara, ainda diz sem nem um constrangimento e muito menos pudor;

...Galego a gente tinha acertado aqui aquela ajuda financeira, nera?...Um emprego de janeiro em diante garantido...Eu vou dá R$ 1.000 hoje e na outra semana, antes da vigília eu dou os outros R$ 500...Podemos tirar a foto para demonstrar que você estar com Adriano?...”

Então


Diante de tudo isso que se apresenta nas redes sociais de Guamaré e região, de imediato nos faz repensar o quanto é injusta a luta pelo poder em Guamaré; pois de um lado vem os vícios do poder, a formatação de uma grupo que sabe como propriedade o que é corromper e ser corrompido liderado pelo ex-prefeito Helio de Mundinho, do outro lado uma grupo político formatado em grande parte por pessoas sofridas, que vivem a margem da exclusão social e sem perspectiva de melhoria de vida em seu dia a dia social, liderado pelo filho do pajé, Mozaniel.


Por fim

Quem oferece suporte ao ex-prefeito Helio de Mundinho  - e que no mínimo esta ação realizada pelo ex-prefeito Dedé Câmara – demonstra que exista muito mais camaradas realizando a mesma prática em prol do candidato MDBista, Adriano,  no mínimo, no mínimo não estão preocupados com o que está passando o povo sofrido e abandonado de Guamaré.

Pois só a justiça poderá tornar igualitária esta luta desigual do poderio econômico de Hélio de Mundinho, contra a fome dos oprimidos e dos perseguidos liderados por um homem simples, chamado de Mozaniel. Homem que carrega no peito o sentimento de esperança e desenvolvimento real que seu pai João Pedro sempre buscou para toda Guamaré.