24 de dezembro de 2018

Sérgio Cabral prepara delação premiada que envolveria servidores do Judiciário, diz jornal



O ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral (MDB) decidiu colaborar com a Operação Lava-Jato e começou a negociar sua delação premiada, segundo o jornal O Globo. Condenado a 198 anos e seis meses de prisão, ele estaria em tratativas com o Ministério Público Federal (MPF) e com a Procuradoria-Geral da República (PGR). 

A delação envolveria juízes do Superior Tribunal de Justiça (STJ) e do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ) e servidores do Ministério Público (MP) carioca, além da compra de votos que resultou na escolha do Rio como sede da Olimpíada e de crimes citados em delações de outros investigados.

Opinião

Se a justiça levar adiante a delação do ex-governador Sergio Cabral, a população brasileira terá uma verdadeira noção de como se comporta parte do judiciário nos bastidores dos interesses políticos brasileiros.


gatofelix


.