4 de outubro de 2018

Esfaqueador de Bolsonaro, Adélio Bispo era “Tonho da Lua” na rua onde morava

Postado por Irineu Cândido

Adélio Bispo Oliveira, de 40 anos, cresceu com o apelido de um personagem de novela. Era o Tonho da Lua, do ensino fundamental, de uma escola de Uberaba, em Minas Gerais. Às vezes feliz, às vezes triste, numa transição que o diferenciava dos outros. Os colegas viam nele um ser confuso, difícil de entender. Agora um país inteiro tenta compreendê-lo. Não só ao próprio Adélio, como a todos os que brigam e insistem no script de um país dividido entre o bem e o mal, a exemplo de protagonistas de uma mesma novela, como Ruth e Raquel em "Mulheres de Areia" (TV Globo).

Naquela época, a representação na TV de um doente mental que desenhava esculturas de mulheres na areia fazia sucesso. Adélio tinha 15 anos.